...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Brasil e Portugal poderão aprofundar relações na área das profissões técnicas

Proposta de Cooperação Técnica e Política de Intercâmbio Profissional foi apresentada pela diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais ao embaixador de Portugal

Brasil e Portugal poderão aprofundar as relações na área das profissões técnicas. A proposta de firmamento de Termo de Cooperação Técnica e Política de Intercâmbio Profissional com organizações técnicas portuguesas afins, foi apresentada pela diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), em audiência realizada nesta terça-feira (14), em Brasília. O encontro ocorreu na embaixada portuguesa e contou com a presença do embaixador Luís Faro Ramos, conselheira de embaixada, Isabel Pestana, presidente do CFT Wilson Wanderlei Vieira, vice-presidente José Carlos Coutinho e dos diretores Francisco Viana Balbino (Administrativo), Bernardino Gomes (Fiscalização e Normas) e Solomar Pereira Rockembach (Financeiro).

Importância dos técnicos industriais para a economia

O presidente do CFT apresentou o histórico de criação da autarquia federal e dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRT’s), que por meio da Lei nº 13.639/2018, integram o conjunto fiscalizador competente para orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício profissional dos técnicos industriais no Brasil. Wilson Wanderlei Vieira destacou que o Sistema CFT está presente nas 27 unidades federativas da União, congrega mais de 650 mil técnicos industriais habilitados e já editou mais de 160 resoluções, visando esclarecer a legislação e consolidar as competências e habilitações profissionais.

 “Imperioso afirmar que entre as competências do Conselho Federal, por meio do seu colegiado e diretoria executiva, também está a de firmar convênios com entidades públicas e privadas, do Brasil e exterior”, pontuou Wilson Wanderlei Vieira ao propor a parceria. O presidente do CFT encerrou sua manifestação destacando que, entre os anos de 2018 e 2021, foram gerados mais de 2,5 milhões de Termos de Responsabilidade Técnica (TRT’s), evidenciando desta forma a importância dos técnicos industriais brasileiros para os setores da economia nacional, que poderá ser expandida para o país que integra a União Europeia.

Economia aquecida e carência de profissionais técnicos

O embaixador português acolheu a demanda e anunciou que fará encaminhamentos no sentido de apresentar a proposta às autoridades portuguesas. Luís Faro Ramos ponderou que Portugal tem a economia aquecida e carência de profissionais técnicos qualificados em diversas áreas. Ao acolher a demanda o chanceler solicitou a formulação de um termo de intenções que será submetido às autoridades visando concretizar a iniciativa do CFT.

 “Considero muito importante esta iniciativa do Conselho Federal dos Técnicos Industriais do Brasil e com muita satisfação confirmo que farei encaminhamentos necessários para concretizar este desejo de parceria conjunto”, finalizou o embaixador de Portugal.

Fotos: Pedro Santanna de Oliveira

Últimas notícias

CFT alerta sobre prazo para justificativa eleitoral

Profissionais habilitados que não votaram nas eleições do Sistema CFT/CRTs, em 2022, têm até 12 de fevereiro para justificar ausência de modo online e manter…
Ler mais...

CFT propõe integração com o Conselho de Química

Iniciativa fortalece os interesses dos técnicos Industriais e profissionais de química que atuam em diferentes áreas ligadas ao desenvolvimento social e econômico do Brasil.
Ler mais...

CFT capacita equipes de fiscalização do CRT-03

Projeto itinerante desenvolvido pela Diretoria de Fiscalização e Normas do CFT, treina equipes do regional que abrange os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Sergipe.
Ler mais...

Brasil e Portugal poderão aprofundar relações na área das profissões técnicas

Proposta de Cooperação Técnica e Política de Intercâmbio Profissional foi apresentada pela diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais ao embaixador de Portugal

Brasil e Portugal poderão aprofundar as relações na área das profissões técnicas. A proposta de firmamento de Termo de Cooperação Técnica e Política de Intercâmbio Profissional com organizações técnicas portuguesas afins, foi apresentada pela diretoria executiva do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), em audiência realizada nesta terça-feira (14), em Brasília. O encontro ocorreu na embaixada portuguesa e contou com a presença do embaixador Luís Faro Ramos, conselheira de embaixada, Isabel Pestana, presidente do CFT Wilson Wanderlei Vieira, vice-presidente José Carlos Coutinho e dos diretores Francisco Viana Balbino (Administrativo), Bernardino Gomes (Fiscalização e Normas) e Solomar Pereira Rockembach (Financeiro).

Importância dos técnicos industriais para a economia

O presidente do CFT apresentou o histórico de criação da autarquia federal e dos Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRT’s), que por meio da Lei nº 13.639/2018, integram o conjunto fiscalizador competente para orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício profissional dos técnicos industriais no Brasil. Wilson Wanderlei Vieira destacou que o Sistema CFT está presente nas 27 unidades federativas da União, congrega mais de 650 mil técnicos industriais habilitados e já editou mais de 160 resoluções, visando esclarecer a legislação e consolidar as competências e habilitações profissionais.

 “Imperioso afirmar que entre as competências do Conselho Federal, por meio do seu colegiado e diretoria executiva, também está a de firmar convênios com entidades públicas e privadas, do Brasil e exterior”, pontuou Wilson Wanderlei Vieira ao propor a parceria. O presidente do CFT encerrou sua manifestação destacando que, entre os anos de 2018 e 2021, foram gerados mais de 2,5 milhões de Termos de Responsabilidade Técnica (TRT’s), evidenciando desta forma a importância dos técnicos industriais brasileiros para os setores da economia nacional, que poderá ser expandida para o país que integra a União Europeia.

Economia aquecida e carência de profissionais técnicos

O embaixador português acolheu a demanda e anunciou que fará encaminhamentos no sentido de apresentar a proposta às autoridades portuguesas. Luís Faro Ramos ponderou que Portugal tem a economia aquecida e carência de profissionais técnicos qualificados em diversas áreas. Ao acolher a demanda o chanceler solicitou a formulação de um termo de intenções que será submetido às autoridades visando concretizar a iniciativa do CFT.

 “Considero muito importante esta iniciativa do Conselho Federal dos Técnicos Industriais do Brasil e com muita satisfação confirmo que farei encaminhamentos necessários para concretizar este desejo de parceria conjunto”, finalizou o embaixador de Portugal.

Fotos: Pedro Santanna de Oliveira