...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Conselho Federal requer revisão de normativos internos da Agência Nacional de Mineração

Técnicos industriais habilitados nas áreas de Geologia e Mineração requerem prerrogativas profissionais na Superintendência de Regulação e Governança Regulatória

Diretores do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) mantiveram audiência na Agência Nacional de Mineração, em Brasília. No encontro realizado nesta terça-feira (21) os representantes da autarquia federal, Francisco Viana Balbino (Administrativo) e Bernardino Gomes (Fiscalização e Normas), solicitaram a revisão das normativas internas da Superintendência de Regulação e Governança Regulatória. O pedido apresentado ao superintendente Yoshihio Lima Nemoto, visa recepcionar os Termos de Responsabilidade Técnica (TRT), emitidos por profissionais habilitados nas áreas de Geologia e Mineração.

Competência

No encontro os diretores do CFT reiteraram que Superintendência de Regulação e Governança Regulatória é responsável pelo aperfeiçoamento das normas que regulam o setor mineral brasileiro. Porém, Francisco Viana Balbino e Bernardino Gomes, ressaltaram que a legislação vigente faculta ao Sistema CFT/CRT’s a competência para orientar, disciplinar, regular e fiscalizar o exercício profissional dos técnicos industriais no Brasil. De acordo com os argumentos apresentados é legítima a requisição das prerrogativas profissionais dos técnicos industriais e consequente reconhecimento das TRTs no âmbito da Agência Nacional de Mineração.

Direito reconhecido

“Saímos satisfeitos desta audiência. Temos a certeza que os profissionais habilitados da Geologia e Mineração terão o seu direito reconhecido para executar projetos e serviços no setor mineral brasileiro, especialmente na área de pesquisa mineral. Acreditamos que este entendimento amplia a eficiência e a produtividade neste importante setor econômico”, destacam os diretores Balbino e Bernardino.

Legitimidade do pleito

Ao receber o pedido o superintende Yoshihio Lima Nemoto reconheceu a legitimidade do pleito solicitado pelo CFT e solicitou que os técnicos industriais acompanhem as atividades da Agência nacional de Mineração. O objetivo, segundo Nemoto, é implantar o regime prioritário para que a reivindicação do CFT seja atendida o mais breve possível.

Últimas notícias

CFT capacita equipes de fiscalização do CRT-03

Projeto itinerante desenvolvido pela Diretoria de Fiscalização e Normas do CFT, treina equipes do regional que abrange os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Sergipe.
Ler mais...

CFT terá expediente especial durante jogos da Seleção Brasileira

Portaria emitida pela presidência da autarquia federal acompanha orientação do Ministério da Economia e estabelece horários especiais de atendimento nos dias de jogos do Brasil…
Ler mais...

CFT implementa ferramenta para aperfeiçoar análise de TRTs

Nova funcionalidade permite que equipes de fiscais acompanhem o estágio de análise dos Termos de Responsabilidade Técnica (TRT) no Sistema de Informação dos Conselhos dos…
Ler mais...

Conselho Federal requer revisão de normativos internos da Agência Nacional de Mineração

Técnicos industriais habilitados nas áreas de Geologia e Mineração requerem prerrogativas profissionais na Superintendência de Regulação e Governança Regulatória

Diretores do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT) mantiveram audiência na Agência Nacional de Mineração, em Brasília. No encontro realizado nesta terça-feira (21) os representantes da autarquia federal, Francisco Viana Balbino (Administrativo) e Bernardino Gomes (Fiscalização e Normas), solicitaram a revisão das normativas internas da Superintendência de Regulação e Governança Regulatória. O pedido apresentado ao superintendente Yoshihio Lima Nemoto, visa recepcionar os Termos de Responsabilidade Técnica (TRT), emitidos por profissionais habilitados nas áreas de Geologia e Mineração.

Competência

No encontro os diretores do CFT reiteraram que Superintendência de Regulação e Governança Regulatória é responsável pelo aperfeiçoamento das normas que regulam o setor mineral brasileiro. Porém, Francisco Viana Balbino e Bernardino Gomes, ressaltaram que a legislação vigente faculta ao Sistema CFT/CRT’s a competência para orientar, disciplinar, regular e fiscalizar o exercício profissional dos técnicos industriais no Brasil. De acordo com os argumentos apresentados é legítima a requisição das prerrogativas profissionais dos técnicos industriais e consequente reconhecimento das TRTs no âmbito da Agência Nacional de Mineração.

Direito reconhecido

“Saímos satisfeitos desta audiência. Temos a certeza que os profissionais habilitados da Geologia e Mineração terão o seu direito reconhecido para executar projetos e serviços no setor mineral brasileiro, especialmente na área de pesquisa mineral. Acreditamos que este entendimento amplia a eficiência e a produtividade neste importante setor econômico”, destacam os diretores Balbino e Bernardino.

Legitimidade do pleito

Ao receber o pedido o superintende Yoshihio Lima Nemoto reconheceu a legitimidade do pleito solicitado pelo CFT e solicitou que os técnicos industriais acompanhem as atividades da Agência nacional de Mineração. O objetivo, segundo Nemoto, é implantar o regime prioritário para que a reivindicação do CFT seja atendida o mais breve possível.